Ontem o [Vinícius Teles] escreveu um post com uma reflexão muito interessante sobre o "efetivamente". Este cara está viajando o mundo com sua mulher já faz um tempo e [vale a pena ler a história] para entender bem do que estamos falando em ser efetivos.

Durante os últimos anos não tive mais chefe e sou totalmente gestor do meu tempo e horário. Trabalho de freelancer programando em vários segmentos diferentes e percebo o quanto é difícil realmente terminar algo.

Sinto que muitas vezes começo a trabalhar em tarefas que nem mesmo sabem exatamente aonde vai dar. E isso é além de ingratificante, cansativo. Muitos dias extremamente improdutivos existem na nossa vida. Não importa o motivo, se é a família, a web ou um problema de saúde, sempre existem alguns dias que não são produtivos.

Sempre penso em como fugir dos dias improdutivos? Durante tantos dias conseguimos fazer tantas coisas mas sempre penso "um dia da caça, outro do caçador..." e também por que temos que trabalhar todos os dias?

Me sinto extremamente sobrecarregado em ter que ser produtivo todos os dias. Trazer algo de valor para o cliente todos os dias é muito difícil e penso que se eu tivesse mais tempo para refletir, talvez conseguiria criar soluções inovadoras. Mas a realidade do mercado é outra. Precisamos de tudo para ontem e bem feito e que funcione e seja barato e bom.

Cada dia que passa me convenço mais que as pessoas não nasceram para serem tão sugadas por tanto tempo do dia. Principalmente em nossos trabalhos mentais que exigem alta concentração e toques cirurgicos no código legado. Penso muito em encontrar uma forma de ganhar dinheiro com minhas próprias ideias ao invés de passar fulltime fazendo freelancer. Acredito que a vida tende a ser muito mais vivida conforme entendemos que nascemos pra fazer muitas coisas.

Me sinto muito feliz em não estar tão preso a este facebook e também tantas outras redes sociais e coisas divertidas pra se ver na net, confesso sentir uma certa 'vontade' e as vezes até gasto um bom tempo navegando, mas não sinto que isto é parte de mim mais.

No entanto sinto esses lugares virtuais muito semelhantes a um boteco (com muitas cadeiras como diria o facebook). Este local está completo pois seus frequentadores assíduos estão lá tornando tudo mais orgânico e você chega lá e alguém sempre tem assunto, no fim você fica lá por horas e torna-se parte daquilo. Muitas noites você aprende muitas coisas 'legais', 'culturais' e outras nem se lembra pela enchurrada de informações que seu cérebro levou (misturado com cerveja).

O bloco acima serve tanto para bodega quanto para o facebook. Parece que o software está entrando na mente das pessoas e fazendo algo mais químico. Os usuários estão fazendo justo ao -nome- e a essência do concentrar-se no computador como ferramenta de trabalho está perdendo um pouco o sentido. Sinto o computador um playground para maioria das pessoas e ao mesmo tempo as pessoas não estão interessadas em perceber que isto está tornando sua vida menos efetiva.

Lembro que alguns anos atrás quando assisti a um episódio do peepcode chamado productity for programmers isto realmente mexeu comigo, me colocando sempre em mente de realizar uma tarefa por vez e também tentar organizar as tarefas de forma que consiga concluí-las em um fragmento pequeno de tempo.

Tentamos usar o máximo de ferramentas possíveis para nos integrar e mantermos 'conectados' mas quase sempre elas não permitem nosso cérebro se manter conectado em uma linha de codificação.

Gosto de escrever testes automatizados pois eles me forçam a ficar na linha de raciocínio de conclusão da funcionalidade e sinto que uma das melhores escolhas que fiz foi trabalhar com VIM + testes automatizados no terminal full screen. Não me lembro que existe browser no meu computador por 70% do tempo :D


blog comments powered by Disqus
Compartilhar → Twitter Facebook Google+


Olá, sou o Jônatas Davi Paganini e esse é meu blog. Sou programador, tenho alguns projetos no github e escrevo livremente aqui no ideia.me.

Veja minhas talks ou conecte-se via twitter / github / instagram / facebook / linkedin / soundcloud / strava / meetup.