Este mês iniciei como professor na UNOESC, aqui em São Miguel do Oeste, SC. Apenas com uma turma estou pasmo com o poder da internet sobre as aulas. Mesmo durante a pós graduação observei que a internet deixou de ser uma ferramenta, tem sido uma arma destruidora na mão dos alunos, tomados de libertinagem.

Na minha concepção o principal problema é relacionado ao 'costume' de abrir o computador e não saber o que fazer. Isso é por que o computador tem muitas coisas pra você fazer, e a falta de habilidade de usar o computador (mesmo o celular) para as coisas certas nas horas certas torna as pessoas distraídas.

O pessoal usa basicamente o facebook e o batepapo como uma forma de manter-se 'online' mas realmente deixa muita gente 'offline' da aula e a compreensão total do assunto.

Com isso estou pensando em algumas dicas para aqueles que não conseguem largar o computador e as redes sociais nem no momento de estudo.

Comprometimento pessoal

Acima de tudo, para conseguir se livrar do hábito de distrair-se você precisa querer mudar e este tem que estar ligado não apenas a vontade mas também a um comprometimento.

Se você quiser entrar no AA, existe uma regra que diz que em primeiro lugar você precisa querer mudar. Esse processo só acontece se você realmente tem um comprometimento pessoal de mudança e melhoria.

Auto conhecimento

O auto conhecimento é uma maneira muito interessante de perceber quando se está indo para o caminho errado. O processo é muito simples, basta você observar o quanto aproveitou de cada momento e então refletir sobre o % de aproveitamento versus o % de 'distração'.

Lembrando que o auto conhecimento serve muito para tornar você melhor não apenas nos estudos ou no trabalho mas também como um ser completo, então vale muito a pena refletir sobre o que eu faço durante o meu dia. Como meu cérebro está absorvendo o mundo exterior e como eu posso realmente aproveitar da melhor forma o contexto a minha volta.

Impor limites e presentear-se

Cada pessoa tem um limite, então para não se tornar efetiva a disciplina, ela tem que ser dentro de um limite aceitável ao corpo e da mente. A ideia é começar criando blocos de tempo concentração seguidos de momentos de relaxamento. Veja a técnica pomodoro para entender mais.

Por exemplo, estudei por 2 horas, agora vou tirar 15 minutos para relaxar e navegar aleatoriamente na internet. Se você ler o livro Rework, vai ver que este é o "cigarro do século XXI".

Comprometimento interpessoal

Uma maneira interessante de criar um comprometimento pessoal é se comprometer com um grupo. Isso funciona muito bem pois para pertencer a um grupo é importante se sentir parte dele e agir de forma parecida. Encontrando pessoas que tentam seguir o mesmo caminho fica mais fácil de conseguir algum resultado.

Um exemplo legal é o [pair programming] que faz com que 2 programadores se concentrem em apenas uma tarefa juntos em um computador, tornando o comprometimento direto entre ambos.

Análise do planejamento e progressão

Toda ação tem uma reação então para que haja uma mudança e crescimento pessoal efetivo é necessário que cada de alguma forma crie sua próprie medida de progressão. De alguma forma a ideia de medir a progressão, é validar o que se está fazendo e redirecionar o caminho para sempre tentar entrar em uma forma melhor.

Desenvolvimento humano

Para se fazer grandes coisas é necessário estudar muito. Ser diferente. Pensar diferente. Na era da distração estamos totalmente envolvidos com pequenas 'masturbações cerebrais' contidas em prazeres totalmente passageiros e muitas vezes inúteis ou que não vão levar a lugar nenhum.

Tudo sobre expectativas

Vou fazer uma pequena lista de itens que atrapalham e fazem com que a distração se tornem ainda mais interessante:

Para que haja o desenvolvimento real, é necessário haver planejamento de vida. Pensar no futuro. Decidir e sacrificar o próprio ego por algo. Sinto que vivo num mundo de admiradores, poucos construtores e muitos reclamões.

Este texto foi escrito pois me sinto totalmente cúmplice com meu futuro e percebo que a maioria das pessoas "não está nem aí" pra isso. Exatamente como diz a música.


blog comments powered by Disqus
Compartilhar → Twitter Facebook Google+


Olá, sou o Jônatas Davi Paganini e esse é meu blog. Sou programador, tenho alguns projetos no github e escrevo livremente aqui no ideia.me.

Veja minhas talks ou conecte-se via twitter / github / instagram / facebook / linkedin / soundcloud / strava / meetup.